Como medir a agilidade do time

Você já ouviu falar em ASSESSMENT? Alguém no seu trabalho já mencionou esse termo e você ficou voando?

Assessment nada mais é do que uma avaliação. Na AGILIDADE temos vários tipos deles.

Para times ágeis, os assessments são fundamentais para evidenciar possíveis pontos de melhoria que sejam foco da filosofia ágil.

Vamos relembrar os domínios da Agilidade?

Domínios da Agilidade

CULTURAL

Aqui o foco está nas pessoas. Gosto de mencionar uma frase que vi em um vídeo de Henrik Kniberg (o agilista da famosa “CULTURA SPOTIFY”) onde “ele” fala que a CULTURA somos nós. Eu, você.

Para viver o ágil é necessário quebrar modelos antigos.

Mudar a mentalidade. Semeando uma nova cultura.

NEGÓCIO

Um negócio não vive sem LUCRO. A palavra é pesada e muitas empresas já não miram somente nele. Em contrapartida, por mais que tenhamos propósito e missão é com a grana que pagamos o almoço. Então esta esfera busca ELIMINAR O DESPERDÍCIO, cumprindo as necessidades da empresa e do cliente.

TÉCNICO

A forma como tocamos o trabalho em nosso cotidiano é fundamental para atingirmos os resultados esperados. Para tal, a busca pela excelência técnica deve ser constante. Este pilar da agilidade procura estimular o crescimento profissional de cada indivíduo.

Cada membro dos times são tratados pela agilidade como atletas de alta performance.

ORGANIZACIONAL

Complementando os outros pilares da agilidade, temos o aspecto ORGANIZACIONAL.

Aqui a agilidade busca organizar os grupos de trabalho de forma a diminuir drasticamente as dependências para realização das missões da empresa.

O estímulo a uma organização em rede e não em hierarquia, por exemplo, é um forte componente deste pilar.

Como avaliar a agilidade de um time?

Não importa o momento que você esteja na formação de sua equipe. Sendo seu time recém formado ou já trabalhando há algum tempo é fundamental que você crie e monitore os indicadores de agilidade dele.

Embora o Agilista do time estimule a criação destes indicadores, é muito importante que cada membro do time se aproprie disso. Afinal, o resultado do que vemos nessas avaliações é co-responsabilidade de cada um.

Dinâmicas de avaliação de Agilidade

Existem inúmeras dinâmicas no universo da agilidade que permitem extrairmos dados referentes a cada escopo que mencionei acima (NEGÓCIO, TÉCNICO, ORGANIZACIONAL, CULTURA). Para o objetivo deste post, vou focar em 2 dinâmicas fundamentais para inicio dos trabalhos em um time ágil.

Roda Ágil

Resultado:

Squad Health Check

Resultado:

Outra ferramentas e técnicas de Assessment – por Ricardo Miluzzi

Confira aqui um quadro no Trello, montado por ele, com diversas técnicas e ferramentas para assessment de times ágeis.

Conclusão

Não atingimos a agilidade com uma pessoa. Eu diria até que a AGILIDADE, assim como a FELICIDADE, é um ideal.

Como todo ideal, exige exercício, vivência e compromisso com ele.

Nós devemos viver a AGILIDADE. Para tal, deveremos sempre olhar para os indicadores que estão nos direcionando à este objetivo.

Neste sentido, é fundamental que você e seu time se avaliem de tempo em tempo, para verificar se estão no caminho certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *